melhores-lugares-viajar-terceira-idade-blog-reger

Melhores lugares para viajar na terceira idade

Cada vez mais, pessoas acima dos 60 anos buscam os melhores lugares para viver as muitas experiências que uma viagem pode trazer. Tudo vai depender do seu perfil, mas os itens indispensáveis são: tranquilidade, segurança e ótima infraestrutura. Por isso, selecionamos alguns lugares ideais para aproveitar a vida na terceira idade. Escolha seu destino e faça suas malas!

 

holambra-sp

Holambra – SP

Com a primavera chegando, Holambra se torna um local tentador de se visitar. Claro que é possível ver flores durante todo o ano pela cidade, afinal, é conhecida como a Capital Nacional das Flores. A 120 km de São Paulo, a cidade se inspira na arquitetura e floricultura da Holanda. Até o próprio nome nos faz lembrar!

A melhor época para se ir para Holambra é em setembro, quando acontece a Expoflora, a maior exposição de flores ornamentais da América Latina, dando boas vindas à primavera em grande estilo. Ficou interessado? Se atente às datas do evento e garanta seu ingresso antes, pois na bilheteria o valor é mais alto. Além do evento, você também pode ir aos pontos que são símbolos da cidade, o Museu Histórico e Cultural e o Moinho dos Povos Unidos, uma obra de 38,5 metros criada pelo arquiteto holandês Jan Heidra. Existem 400 desses moinhos pelo mundo.

Você ainda pode se divertir aprendendo sobre destilação artesanal no Rancho da Cachaça, onde também está localizado um bom restaurante de comida caseira.

 

bonito-ms

Bonito – MS

A cidade fica no coração do Brasil, um excelente destino para quem aprecia ecoturismo, pois o local não sofreu nenhuma degradação ambiental, sendo um exemplo em questão de sustentabilidade e preservação do meio ambiente.

Muitos de seus pontos turísticos são pagos e localizados dentro de propriedades privadas, ou seja, é necessário contratar passeios através de agências de viagens ou guias credenciados e não se preocupe, porque todas as atividades são supervisionadas, o que a sua segurança e a natureza também.

Uma época boa para visitar Bonito é entre a metade de dezembro ao início de fevereiro, que é o período em que o sol incide na Gruta do Lago Azul, um dos destaques da cidade, tornando a visão do lago ainda mais exuberante.

 

caldas-novas-ms

Caldas Novas – MS

Conheça as milagrosas águas quentes! A região é uma das maiores estâncias hidrotermais do mundo, com fontes de águas quentes naturais e com propriedades terapêuticas, tornando-se um dos destinos mais visados do Centro-Oeste.

A cidade possui diversos hotéis com programas para relaxar, atividades recreativas e muita diversão, principalmente para os idosos. Como o dia-a-dia dos turistas na maioria das vezes é curtir as piscinas dos hotéis e aproveitar a boa comida da região, é importante escolher uma boa acomodação. Além disso, o Parque Estadual da Serra de Caldas é uma parada obrigatória, com caminhadas pelas trilhas acompanhadas por guias que leva você a se refrescar com deliciosos banhos de cachoeiras e admirar a fauna e a flora da região.

E depois de relaxar, você pode se deliciar ao lado de licores e laticínios, em lojinhas no centro da cidade que oferece opções de bares e restaurantes e recebe shows, principalmente de música sertaneja.

 

montevidéu-uruguai

Montevidéu – Uruguai

Para quem já viajou o Brasil todo, quer sair do país, mas não pretende ir para tão longe, a simpática capital uruguaia é uma excelente opção! A cidade reúne um povo tranquilo, podendo visualizar essa tranquilidade em um passeio pela avenida 18 de Julio, a principal via da cidade que é uma vitrine para o comportamento dos uruguaios.
Um dos grandes diferenciais é esse povo amigável e educado, disposto a receber bem os turistas. É muito comum encontrar atendentes de comércio capazes de falar português muito bem, o que facilita a comunicação de quem vai visitar a cidade sem falar uma palavra em espanhol.

O clima da cidade é bastante agradável, principalmente no verão, onde as temperaturas amenas favorecem atividades ao ar livre. É importante ter em mente que nos meses de inverno a temperatura pode cair bastante, dessa forma, é interessante levar um bom casaco na mala. Mas se for desprevenido, não se preocupe! Roupas de inverno podem ser adquiridas com ótimos preços em muitas lojinhas espalhadas pelas ruas da capital.

De acordo com Dr. Roberto, o importante é viajar, isto é, poder sonhar. Viajar é, concretamente, criar condições para podermos sonhar nossos sonhos. Desta forma, não importa o lugar, mas uma certa predisposição para poder desligar-se da realidade concreta do dia a dia que, na terceira idade, pode estar muito colorida pelo trato do corpo ou por se adaptar às perdas constantes. Com isso, o idoso pode “viajar” criando uma condição psíquica capaz de se ligar ao novo, ao inusitado, ao surpreendente que o sonho nos leva.

Talvez seja por isso que voltamos realimentados de uma viagem bem sucedida, pois voltamos com uma capacidade renovada de “olhar para o nosso mundo” interno e/ou externo, recarregados de esperanças e bons presságios. Boa viagem!

Gostou das dicas? Conte para nós sobre a última viagem que você fez!

2 comentários

  1. Wilma Antônia Tozzi

    Estou interessada no assunto viagem

  2. Maria de Fátima

    Amo viajar,a ultima foi em maio fomos p Portugal em 6 idosas AMAMOS. Foi a melhor de todas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *